O X Seminário Internacional Frotas & Fretes Verdes debate a logística 4.0 e a sustentabilidade para revolução do setor transportes

Proportion
Categoria: Notícias

A evento acontece entre os dias 06 e 07 em BH e contará com as presenças dos maiores especialistas do Brasil e do mundo. A discussão avaliará o uso da tecnologia para o desenvolvimento de frotas e fretes econômicos e com menor impacto ao meio ambiente

O X Seminário Internacional Frotas & Fretes Verdes, F&FV, acontece em 2021 de forma híbrida nos dias 06 e 07 de outubro.  A abertura será feira pelo presidente de Honra do F&FV, Ricardo Rodrigues de Carvalho, presidente da Companhia Brasileira de Alumínio, CBA.

O seminário é gratuito e será presencial para inscritos e convidados e transmitido pelo canal do Instituto Besc no Youtube. As discussões serão divididas em 4 sessões de debates e contará com 18 palestras nos dois dias. O eixo da análise gira em torno das principais possibilidades para tornar o transporte de cargas e passageiros mais eficaz, econômico e ambientalmente sustentável.

Nesse sentido, serão debatidos o uso da logística 4.0 (para automação e agilidade de processos por meio da inteligência artificial), o desenvolvimento de materiais e novas tecnologias para a fabricação de veículos (mais leves, com motores mais potentes, econômicos e menos poluentes), o desenvolvimento inteligente de cidades (para viabilização de trânsito facilitador do transporte regional), combustíveis alternativos (para reduzir custos e emissão de poluição) e estrutura viária (crescimento, recuperação, segurança e sinalização nas estradas para evitar acidentes, roubos e acelerar o fluxo de entregas).

“Reunimos nos dois dias os melhores especialistas para discutir como fazer para que nossas frotas e fretes sejam cada vez mais sustentáveis do ponto de vista ambiental. E, para começar a responder isso, precisamos falar da relevância do investimento dos governos aos centros de pesquisas; do papel da inciativa privada no fomento de parcerias rumo à inovação sustentável; da responsabilidade da sociedade como detentora do poder de exigir um mundo com processos limpos e, claro, todos os temas técnicos que trataremos em nossas palestras comenta Aurélio Lamare Soares Murta, professor da graduação e do mestrado em Administração, da Universidade Federal Fluminense – UFF. Ele também é professor e coordenador do MBA em Logística Empresarial e Gestão da Cadeia de Suprimentos da UFF, membro imortal da Academia Brasileira de Ciências, Artes, História e Literatura – ABRASCI e coordenador temático do Frotas e Fretes Verdes.

Por que Frotas e Fretes Verdes?

Já sabemos que o modelo de transporte atual no Brasil tem imenso potencial se desenvolver. Se considerarmos o sistema rodoviário, dados do Anuário CNT do Transporte 2020, divulgado pela Confederação Nacional do Transporte, CNT, mostram que pelas estradas brasileiras escoam mais de 60% das mercadorias e de mais de 90% dos passageiros, distribuídos numa frota de mais de 100 milhões de veículos. Entretanto,  a extensão da malha rodoviária pavimentada é de apenas 13%, sendo que mais de 92% dela é em pista dupla e com baixa qualidade.

Outro fator relevante é o preço do diesel, que teve um aumento acumulado maior que 20% só este ano.  Nossa frota rodoviária é, também, bastante antiga com média de idade de cerca de 19 anos. Somados, estes e outros fatores contribuem para que o transporte no Brasil seja  caro e prejudicial à saúde. De acordo com WIR Brasil Cidades Sustentáveis (2015), a poluição do ar é responsável por milhões de mortes por ano no mundo. Segundo o Intergovernmental Panel on Climate Change (IPCC), se nada for feito as emissões provenientes dos transportes devem dobrar até 2050. Os impactos à saúde e ao meio ambiente devido à poluição atmosférica são significativos. E esse seria apenas um dos impactos à natureza.

Para Aurélio, pensar Frotas e Fretes Verdes é condição para o desenvolvimento inteligente do país. “O cenário atual onera o setor e a sociedade com custo adicional na operação e com imenso impacto ambiental por causa de estradas pouco eficazes, cidades não planejadas, combustíveis poluentes e caros e falta de investimento em centros de pesquisa. Seminários como o F&FV são fundamentais para a mudança de mentalidade de todos os atores envolvidos no processo. Obviamente, é impossível mudar tudo imediatamente. Porém, a revolução é feita na transformação possível a cada dia”finaliza o pesquisador.  

Já a presidente do Instituto Besc de Humanidades e Economia, Jussara Ribeiro, complementa que a décima edição do Frotas e Fretes Verdes tem um desafio ainda mais relevante este ano: “Precisamos antecipar todas as possibilidades e tentar sair à frente em processos mais sustentáveis ambientalmente falando. Sabemos que toda mudança leva tempo e exige transições para que seja viável culturalmente, economicamente e tecnologicamente. Então, essa décima edição é ainda mais desafiadora, pois mostra que temos um longo caminho pela frente. Viabilizar frotas e fretes verdes é uma mudança de mentalidade de todo um setor, acostumado a velhos hábitos e precisamos transformar com cautela, mas, sem perder tempo. Nossas vidas e negócios estão postos a prova” comenta.

O seminário F&FV é uma iniciativa do Instituto Besc de Humanidades e Economia, visa contribuir com o aprimoramento, o desenvolvimento e promoção da eficiência energética no uso de combustíveis e materiais. E, ainda, com o desenvolvimento de novos materiais, novos combustíveis e das melhores práticas, com foco no uso eficiente dos recursos e a maior economicidade das empresas no transporte de cargas e passageiros. 

Troféu Frotas & Fretes Verdes

Durante o Seminário Frotas e Fretes Verdes, o Instituto Besc também premiará empresas, personalidades e iniciativas que tem se destacado por suas ações ambientais por meio do Troféu Frotas & Fretes Verdes. O objetivo é reconhecer profissionais e empresas que, pelo seu desempenho e de seus produtos e/ou serviços, mereçam ser distinguidos pela homenagem e pelo decorrente reconhecimento público.

A votação para a edição 2021 do Troféu Frotas & Fretes Verdes foi realizada por um júri composto por especialistas do setor que fizeram suas escolhas entre 1º de julho e 15 de julho avaliando diversos candidatos. São 6 categorias premiadas e cinco troféus já foram entregues já que o formato da premiação será híbrido por causa da pandemia.

Confira o resultado:

– Empresa com Sustentabilidade em Processo ou Produto – COMGÁS (troféu entregue)

– Influenciador para Mobilidade Sustentável – Ricky Ribeiro – fundador da OSCIP Associação Abaporu e do portal Mobilize Brasil (troféu entregue)

–  Presidente de Honra – Ricardo Carvalho – diretor-presidente da Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) (troféu entregue)

– Startup para a Logística Sustentável – iTrack (troféu entregue)

– Executivo Destaque – Ministro da Infraestrutura do Brasil – Tarcísio Gomes de Freitas (troféu entregue)
– Pesquisador Individual – Professor Dr. Aurélio Lamare Soares Murta – o troféu será entregue presencialmente dia 06.

Sobre o Instituto Besc

O Instituto tem como propósito promover o estudo e o conhecimento de todos os núcleos do saber para uma vida sustentável no Planeta. Focado nos aspectos econômicos e humanos, o Instituto Besc reúne dirigentes, especialistas de organizações privadas, públicas e não-governamentais, estudantes e estudiosos de problemas nacionais e continentais. Juntos, eles discutem temas que beneficiam e interessam os brasileiros, buscando a integração de todas as regiões do Brasil para o bem-estar e a prosperidade de sua população.

Serviço Seminário Frotas e Fretes Verdes:

Data: 06 e 07/10 Horário: das 09 às 14h  Local: Condomínio Edifício Amadeus Business Tower- Av. do Contorno, 6594 – Funcionários, Belo Horizonte

Para credenciamento de imprensa:

Helem Oliveira – contato@institutobesc.org

Para agendamento de entrevista e produção de conteúdo

Assessoria de imprensa: Élida Ramirez – 55 (31) 9 9526 – 01 89

Inscreva-se gratuitamente no evento clicando aqui.

Outras informações sobre o Instituto Besc: https://institutobesc.org/