Troféu Frotas & Fretes Verdes 2020

O Troféu Frotas & Fretes Verdes premia profissionais e empresas em quatro categorias de reconhecimento de boas práticas: Empresa com Sustentabilidade em Processo ou Produto, Executivo Destaque, Influenciador para Mobilidade Sustentável e Pesquisador Individual. A votação é realizada de forma pública e on-line para que você possa contribuir para a escolha.
Com total segurança e sigilo, a votação é limitada a um voto por categoria. Essa restrição é feita por meio do IP do computador, tablet ou smartphone utilizado.
  •  Empresa com Sustentabilidade em Processo ou Produto
  •  Executivo Destaque
  •  Influenciador para Mobilidade Sustentável
  •  Pesquisador Individual
Conheça um pouco mais sobre os participantes e vote até o dia 30 de setembro de 2020.

Conheça um pouco mais sobre os participantes de 2020

Empresa com Sustentabilidade em Processo ou Produto

Banco do Brasil. A instituição é considerada líder em sustentabilidade no segmento financeiro pela alocação de mais de R$ 190 bilhões em operações de crédito, relacionadas a investimentos e empréstimos para energias renováveis, eficiência energética, transporte sustentável, turismo sustentável, entre outros segmentos da chamada Economia Verde.

Eco Rodovias – ECO 050. A duplicação da BR 050, com aproximadamente 80% das obras já concluídas, contribui para melhoria nos processos que envolvem a cadeia de transportes de mercadorias e, em especial, ao acesso ao Porto Seco de Uberaba-MG, que faz parte da cadeia de exportação do agronegócio do Centro Oeste e do Triângulo Mineiro.

Natura. A empresa é um dos exemplos nacionais de gestão sustentável ponta-a-ponta na cadeia de valor, gerencia os efeitos ambientais do produto desde sua concepção e desenvolvimento. Posteriormente, quando em operação, a cadeia é monitorada quanto a impactos do fornecimento até a ponta da distribuição, com metas e ações de redução sobre os resultados mais expressivos.

Marcopolo. A empresa participa do lançamento de um projeto de utilização de veículos leves sobre rodas 100% elétrico, pela prefeitura de São José dos Campos-SP. Os veículos que estão sendo desenvolvidos para o projeto não possuem escadas, têm portas largas, o ar-condicionado é esterilizado com tecnologia de luz ultravioleta e a visão do motorista é toda computadorizada, sem espelhos retrovisores. Adaptações importantes que trarão mais conforto e segurança aos seus usuários.

Scania Latin America. A empresa está liderando a mudança para um sistema de transporte e logística mais sustentáveis, com foco em descarbonizar o setor. Para atingir esse objetivo, tem apoiado clientes – e os clientes de seus clientes – com soluções que reduzem o impacto ambiental e social e, ao mesmo tempo, oferecem maior rentabilidade em toda a cadeia de valor. A Scania desenvolveu caminhões com motores dedicados a gás, que podem ser abastecidos com gás natural, biometano ou uma mistura de ambos os combustíveis, uma opção sustentável para o transporte de cargas em alternativa ao diesel. A nova solução atende a demandas de grandes embarcadores, como a L’Oréal, cujo transportador RN Logística adquiriu os veículos a gás modelo R410 para atender a um projeto pioneiro da marca para logística na rota São Paulo-Rio de Janeiro, com abastecimento de biometano originado de resíduos urbanos.

Usina São Martinho. A empresa investe no desenvolvimento de novas tecnologias para o aproveitamento integral de sua matéria prima, a cana-de-açúcar, desde a década de 1980, para a produção de açúcar, etanol e energia elétrica. Suas quatro unidades contam com mais de dois mil veículos agrícolas, que percorrem diariamente milhares de quilômetros, em período de safra. Sua unidade Santa Cruz, em Américo Brasiliense-SP, foi a primeira usina sucroenergética no Brasil a ter uma conexão direta com um gasoduto, para abastecer seus caminhões movidos a metano.

Wilson Sons. É uma operadora integrada de serviços marítimos, portuários e de logística, fundada em 1837, na Bahia. A companhia detém dois importantes terminais de contêineres, o Tecon Rio Grandee o Tecon Salvador. É líder no mercado de rebocagem marítima, com uma frota de rebocadores e PSVs (Plataform Supply Vessel), construídos em estaleiro próprio, localizado no Guarujá-SP. A Wilson, Sons tem fomentado suas ações em torno da sustentabilidade, memória e responsabilidade social através de projetos como o Criando Laços e o Centro de Memória Wilson, Sons.

 ZEG Zero Emission Generation. A empresa disponibiliza soluções de geração de energia renovável descentralizada, promovendo maior harmonia entre o desenvolvimento econômico e o bem estar da sociedade, de forma econômica e ambientalmente favorável, com o propósito de alcançar a transição energética para uma economia de baixo carbono, que possibilite acesso à energia renovável com uso racional e sustentável dos recursos naturais. 

 

Executivo Destaque

Delmo Pinho, mestre em Engenharia Civil pela Universidade Federal Fluminense, é secretário de Transporte do Estado do Rio de Janeiro. À frente da secretaria, tem direcionado a política do setor para a integração da infraestrutura, com vistas a propiciar ao usuário melhoria da qualidade de vida e segurança na sua locomoção. A sua atuação tem por objetivo a implantação de um plano diretor integrado de transportes da região metropolitana, que discipline os investimentos públicos no setor, para a integração harmônica entre os sistemas de transportes, em âmbito estadual e municipal.

Marcelo Mendonça, com extensa experiência na indústria de petróleo e gás/energia, tem desempenhado papel importante como Diretor de Estratégia e Mercado da Abegás, na promoção de políticas para o desenvolvimento sustentável do gás natural em todo o país. Marcelo tem atuado intensamente em defesa do Novo Mercado do Gás, em favor do crescimento da utilização em veículos leves e da implantação do uso em veículos pesados no Brasil, colaborando para a estruturação de políticas públicas e fomentando a utilização do gás natural na matriz de transporte. Ele é referência no tema Gás Natural para a grande imprensa, mídias especializadas e palestrante requisitado nos mais importantes fóruns do setor.

Nestor Felpi, tem se destacado pelos trabalhos desenvolvidos de automação, digitalização e simplificação dos processos nas operações logísticas. É diretor de Supply Chain e Inovação da Natura. Sua atuação permitiu aumento de velocidade no atendimento a consultoras e consumidores, com eficiente emprego dos recursos de movimentação interna e transporte, de forma a minimizar o impacto na pegada de carbono total da operação.

Rodrigo Otaviano Vilaça, renomado profissional, com larga experiência em logística e infraestrutura. Atualmente é CEO do Grupo Itapemirim, onde desenvolve importante projeto rodoviário, ferroviário e aéreo para o Grupo ITA, além de estar à frente da reestruturação financeira e organizacional do grupo.

Tarcísio de Freitas, engenheiro e militar da reserva do Exército Brasileiro, é ministro da Infraestrutura. À frente do Ministério da Infraestrutura, entregou 36 obras no 1° semestre de 2020 e programa a entrega de outras 40 obras ainda neste ano, em meio à pandemia. Cada obra representa investimentos para o desenvolvimento do país e geração de empregos. O conjunto de entregas do Ministro, num quadro de dificuldades de recursos e num ambiente de pandemia, tem foco na efetividade e impacto na logística para a sociedade brasileira, com custo benefício diferenciado e dentro de padrões de austeridade que representam muito para a economia nacional.

 

Influenciador para Mobilidade Sustentável

 Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias – ABCR, uma entidade que representa empresas concessionárias de rodovias no território nacional, tem como missão contribuir para o desenvolvimento da infraestrutura rodoviária no país, através da melhoria contínua do setor, de forma sustentável em suas relações com a sociedade. Entre seus valores, destacam-se: garantir práticas de cidadania, responsabilidade socioambiental e respeito para com a sociedade; valorizar a proatividade, diversidade e inclusão social.

Carlos Félix, é professor Universitário e Coordenador do GEMOB da Universidade Federal de Santa Maria, um dos maiores centros de estudos a respeito do tema Mobilidade Urbana do Brasil. Tem vários livros e trabalhos científicos publicados, com reconhecimento nacional e internacional.

Joubert Flores, presidente da ANPTrilhos, dedica-se a contribuir para a expansão e aprimoramento do transporte de passageiros sobre trilhos no Brasil. Enfrentando a maior crise já vivenciada pelo setor de mobilidade urbana no mundo, em função dos reflexos da pandemia de Covid, Joubert tem se mantido em articulação com os órgãos públicos Federais e Estaduais na busca pela manutenção plena da prestação do serviço público de transporte, notadamente sobre trilhos, para garantir o deslocamento do cidadão e contribuir com a retomada do país no pós-crise.

Márcio D’Agosto,professor Associado do Programa de Engenharia de Transporte (PET), do Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa em Engenharia (COPPE) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Coordenador do Laboratório de Transporte de Carga (LTC) do PET/COPPE/UFRJ. Pesquisador 1A do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Criador e coordenador técnico do Programa de Logística Verde Brasil (PLVB).

Nelson Pinto de Carvalho, o profissional tem se empenhado diligentemente e de modo eficiente em demonstrar a todos os agentes da logística urbana que a ciclo-logística é uma opção bastante viável em termos de agilidade no atendimento, com o elemento adicional de não ser poluente. Tem demonstrado com fatos e dados que a bicicleta se mostra equivalente ou superior à motocicleta em desempenho para diversas situações de entregas urbanas, o que traz um impacto ambiental positivo dados os altos índices de poluição por Kg transportado, quando oferecido por motocicletas.

Paulo Saldiva, médico patologista e professor da Faculdade de Medicina da USP. Foi membro do comitê que estabeleceu os padrões de qualidade do ar e do comitê que definiu o potencial carcinogênico da poluição atmosférica, ambos da Organização Mundial de Saúde. Possui diversos estudos publicados sobre os benefícios para a saúde pública e meio ambiente, devido a adoção do GNV no transporte público urbano. É o atual diretor do Instituto de Estudos Avançados da USP.

 

Pesquisador Individual 

Aurélio Lamare Soares Murta, graduado em Engenharia Civil pela Fundação Percival Farquhar, mestrado em Eng. de Transportes pelo Instituto Militar de Engenharia – IME, doutorado e pós-doutorado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. É professor da Universidade Federal Fluminense – UFF, coordenador do MBA em Logística Empresarial da UFF, pesquisador do Instituto Virtual Internacional de Mudanças Globais e membro da Academia Brasileira de Ciências, Artes, História e Literatura. Atua na área de Eng. de Transportes, gerenciamento de projetos e licenciamento ambiental.

João Fortini Albano, profissional renomado no mercado logístico e de infraestrutura, professor do LASTRAN da UFRGS e especialista em mobilidade urbana. Conhece profundamente questões de mobilidade urbana, com vários livros publicados sobre o tema. Altamente reconhecido no mundo acadêmico.

 Júlio Barboza Chiquetto, pesquisador em nível de pós-doutorado no IEA-USP. Participa dos Laboratórios de Climatologia e Biogeografia e de Geografia Política do Depto. de Geografia/USP. Doutorado em Geografia Física pela USP (em colaboração com o IAG/USP), recebeu menção honrosa do Prêmio Capes de Tese 2017. Mestrado e Graduação em Geografia na Universidade de São Paulo. Atua nas áreas de poluição atmosférica, clima urbano, modelagem atmosférica, gestão ambiental, planejamento urbano, modelagem de qualidade do ar, exposição à poluição do ar.

Luciano Paixão, CEO da SleepBoll TruckGo, startup que modelou e desenvolveu o Sistema Hotseat, alojamentos conectados para revezamento de caminhoneiros, preservando vidas pelo respeito à Lei do Caminhoneiro, do descanso entre jornadas de trabalho. Ecossistema de otimização logística, onde o caminhão nunca para, dando segurança viária e melhoria na qualidade da vida dos motoristas profissionais. Atuação por economia compartilhada, com propósito de salvar vidas, aumentando a produtividade do transportador de longas distâncias, com solução de inteligência artificial, enquanto o caminhão segue no trecho.

Luís Carlos Monteiro, especialista em engenharia automotiva, é graduado, mestre e doutor em Engenharia Mecânica pela PUC Minas. Mais de três décadas de experiência como engenheiro, pesquisador e professor. Coordenou a implantação das tecnologias FLEX e TETRAFUEL, que introduziu o etanol e o GNV na matriz brasileira. É coordenador do P&D de mobilidade elétrica da ANEEL/CEMIG (Veículo híbrido Plug-in para operação com etanol, GNV, biometano e gasolina). Destaca-se pelas várias publicações internacionais e pela qualificação como inventor em diversos processos de patente. 

Realização

Patrocínio