Troféu Frotas & Fretes Verdes 2022

Com o objetivo de promover, difundir e aprimorar o uso eficiente de combustíveis, o desenvolvimento e o uso de materiais e as melhores práticas, visando evitar o desperdício de recursos e aumentar a eficiência das nossas empresas no transporte de cargas e passageiros e reduzir as emissões indesejáveis no Brasil, o Instituto Besc de Humanidades e Economia criou o Troféu Frotas & Fretes Verdes, com a anuência do Conselho Técnico e Empresarial do Seminário Internacional Frotas & Fretes Verdes.
O Troféu Frotas & Fretes Verdes premia profissionais e empresas que, pelo seu desempenho e de seus produtos e/ou serviços, mereçam ser distinguidos pela homenagem e pelo decorrente reconhecimento público.
Essa premiação é parte integrante do Seminário Internacional Frotas & Fretes Verdes, uma realização do Instituto Besc de Humanidades e Economia que, doravante, serão tratados neste documento pelos nomes: Instituto Besc, Conselho e Seminário, respectivamente.

CATEGORIAS DE PREMIAÇÃO
A almejada sustentabilidade entre as atividades econômicas, a sociedade e o meio ambiente que permeia os propósitos que levaram à criação deste Troféu busca ampliar a competitividade empresarial e o atendimento às necessidades das regiões, onde atuam as empresas. Com essa visão, o Troféu Frotas & Fretes Verdes é um incentivo para que haja uma competição saudável entre aqueles que atuam em benefício dos setores de transporte do país, reconhecendo suas ações nas seguintes categorias.

Empresa com Sustentabilidade em Processo ou Produto

Envolve processos ou serviços de transporte de cargas e/ou passageiros e uso de materiais e combustíveis que passaram a levar em conta atributos de sustentabilidade, tanto na sua própria operacionalização quanto nas políticas que os orientam e nos indicadores que avaliam seus resultados. Também se refere a produtos ou linhas de produtos que possuem atributos de sustentabilidade incorporados, levando em conta o ciclo de vida do produto desde a sua concepção até o seu descarte ou reutilização.

Executivo Destaque

Concede esta comenda aos gestores públicos ou privados, reconhecidos pelas relevantes contribuições que dignificaram o setor de transporte no Brasil.

Influenciador para Mobilidade Sustentável

Reconhece o trabalho de profissionais que produziram, no último ano, conteúdo relevante sobre projetos inovadores para a melhoria de processos, produtos e serviços ligados à logística, com foco na eficiência e sustentabilidade do sistema de transporte de cargas e passageiros, contribuindo dessa forma para ampliar a visibilidade sobre o tema.

Pesquisador Individual

Refere-se aos cidadãos que, por meio de pesquisas e estudos científicos, desenvolveram projetos inovadores para a melhoria de produtos e serviços, de modo a viabilizar ações mais sustentáveis para os setores alvo desta premiação.

Startup para a Logística Sustentável

Reconhece os resultados alcançados por startups atuantes no setor logístico e de transportes que, comprovadamente, reduzam o impacto ambiental gerado pelas operações de seus clientes, através de soluções desenvolvidas na forma de produtos ou serviços, potencializando a evolução da logística sustentável.

 

A votação acontecerá de 15/6/22 a 30/6/2022

Troféu Frotas & Fretes Verdes 2022

Preencha os campos abaixo e clique no botão "Seguir"

Somente será computado um voto por IP e e-mail considerando todas as categorias da premiação

E-mail
Empresa
Nome
1. 
Empresa com Sustentabilidade em Processo ou Produto
2. 
Executivo Destaque
3. 
Influenciador para Mobilidade Sustentável
4. 
Pesquisador Individual
5. 
Startup para a Logística Sustentável
Conheça um pouco sobre os concorrentes ao Prêmio Frotas e Fretes Verdes 2022

EMPRESA COM SUSTENTABILIDADE EM PROCESSO OU PRODUTO

Brasil BioFuels (BBF). Fundada em 2008 com o objetivo de substituir a matriz energética da região amazônica por uma solução mais eficiente e sustentável. A proposta se iniciou com a transformação do setor elétrico, abastecendo usinas com biocombustível renovável, produzido em áreas recuperadas e próximas ao local de consumo, gerando desenvolvimento econômico e segurança energética. A BBF, em parceria com a Vibra Energia, está construindo a primeira biorrefinaria com produção verticalizada do Brasil.

Grupo Maroni. Fundado em 1973, referência nas áreas de logística e transportes, está investindo em sustentabilidade. A divisão Maroni Transportes conta com mais de 50 veículos movidos a gás, que contribuem para a redução de ruído e de emissões de poluentes. Prestadora de serviços em diferentes segmentos, como varejista e alimentício, a empresa demonstra uma inclinação a novos métodos de se realizar transporte, investindo em tecnologias mais limpas para beneficiar os seus clientes e o planeta.

Renault. A empresa lançou recentemente o Kwid E-Tech, veículo elétrico de menor custo do mercado brasileiro. A bateria do Kwid E-Tech, que é composta por 12 módulos para facilitar e baratear eventuais futuras manutenções, acumula um total de 26,8 kWh e conta com 8 anos de garantia. A Renault também disponibilizará um sistema de reciclagem para as unidades que apresentem defeito ou atinjam o fim da sua vida útil. Atualmente é o modelo com melhor índice de eficiência energética conforme o Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular.

Tecon Salvador. Unidade de negócios da Wilson Sons, chega aos 22 anos integrando o porto brasileiro mais eficiente de 2020, de acordo com o Índice Global de Desempenho Portuário de Contêineres (CPPI), divulgado pelo Banco Mundial e IHS Markit. O porto da capital baiana também é o único representante brasileiro a figurar entre os 50 melhores do mundo. O ranking considera dados de 2020 e utiliza dados de escalas portuárias de armadores que respondem por 80% da capacidade global da frota de contêineres.

 

EXECUTIVO DESTAQUE

Anderson Dick. Formado em Engenharia Elétrica pela UFRGS, fundou a FuelTech no ano de 2003. A empresa é líder tecnológica em gerenciamento de motores a combustão e nos últimos anos investindo forte no controle de veículos elétricos e conversões, possui grande destaque internacional em especial EUA. O desenvolvimento das novas tecnologias se dá principalmente em competições automotivas e o resultado é aplicado em diversas áreas para a sociedade, com destaque para eficiência energética e a eletrificação das frotas.

Aspen Andersen. No ano passado, a Vibra Energia iniciou uma nova fase na sua jornada de inovação e transformação digital. Um marco importante foi a criação do Vibra co.lab, do qual o executivo é a principal liderança. Trata-se de um hub que unifica os esforços da companhia em open innovation e disseminação do intraempreendedorismo na organização. Já são mais de 40 startups atuando em diferentes modalidades, que incluem a contratação de serviços e parcerias comerciais.

Aurélio Antônio de Souza. O executivo é formado em Engenharia Química pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, com pós-graduação em Gestão Ambiental pela Fundação Getúlio Vargas e em Gerenciamento de Projetos pela COPPEAD – UFRJ. O engenheiro é diretor de Logística na Vibra Energia e está na companhia desde 1998. Com a privatização da BR Distribuidora e a mudança de marca para Vibra Energia, Aurélio passou a ser Head de Logística e, oito meses depois, tornou-se Diretor de Logística, cargo no qual atua hoje em dia.

Leone Peter Correia da Silva Andrade. Doutor em Engenharia Aeronáutica pelo ITA, mestre em Engenharia Mecânica pela UFSC e engenheiro mecânico pela UFBA. É reitor e diretor de Inovação Tecnológica do SENAI/CIMATEC, um ecossistema de inovação de vanguarda, que integra diferentes áreas tecnológicas, com uma diversificada atuação em educação, prestação de serviços e desenvolvimento tecnológico. Dirige ainda o CIMATEC Park, um ambiente com foco no escalonamento de produção, testes de grande porte, instalação de plantas piloto e desenvolvimento de protótipos em escala real.

Luis Claudio Santana Montenegro. Graduado em Engenharia Civil pela UFES, mestre em Engenharia de Transportes pelo IME, especialista em Engenharia de Segurança do Trabalho e em Planejamento, Gestão e Operações em Corredores de Transporte e em Regulação de Transportes pela UFRJ. Foi presidente do Conselho de Administração da Companhia Docas do Pará, membro do Conselho de Administração do Porto de Imbituba e do Porto de Vitória, diretor da Companhia Docas de São Paulo e presidente da Companhia Docas do Espírito Santo – Codesa. Hoje é sócio diretor da empresa Neowise Consultoria.

Margarete Maria Gandini. Funcionária de carreira do serviço público federal é coordenadora-geral de Fiscalização de Regimes Automotivos do Ministério da Economia. Margarete coordena a área responsável pelo acompanhamento e formulação de medidas e políticas públicas dirigidas aos setores automobilístico, autopeças, ferroviário e duas rodas. Atualmente, um dos principais projetos sob sua coordenação é a elaboração da política pública para a implementação dos “Corredores Sustentáveis” e do “Programa de Renovação da Frota de Caminhões, Ônibus e Implementos Rodoviários (RENOVAR)”.

 

INFLUENCIADOR PARA MOBILIDADE SUSTENTÁVEL

Gabriel Kropsch. Vice-presidente da ABiogás desde 2013 é formado em Administração de Empresas pela PUC – RJ, obteve seu MBA pela UFRJ e cursou o Programa OPM pela Harvard Business School. Depois de trabalhar na Tramp Oil Brasil e TOBras Distribuidora (Terrana), Gabriel focou na área de bioenergia e gás. No momento, atua nas empresas Acesa Bioenergia e Aspro Serviços, em cargos de diretoria. Além disso, é sócio na NPR Gestão de Recursos.

Paulo Hilário Nascimento Saldiva. Formado em Medicina pela Faculdade de Medicina da USP, doutorado em fisiologia pulmonar, professor titular de Patologia da FMUSP e vice-diretor do Instituto de Estudos Avançados da USP. Coordenador do Núcleo de Pesquisas em Imagem e Autópsia da USP e comendador da Ordem do Mérito Científico. Suas linhas de pesquisa abrangem doenças respiratórias, patologia ambiental e correlação anátomo-radiológica das doenças humanas. Membro do Comitê Científico da Escola de Saúde Pública da Universidade de Harvard para temas de poluição do ar.

Welder Luiz de Souza. Coordenador do Segmento Automotivo da Gasmig e do Comitê de GNV da Abegás. Graduado em Administração de Empresas e pós-graduado em Gestão de Negócios e Projetos. Desde 2012, atua no segmento automotivo no desenvolvimento de programas, projetos e novas estratégias para inserção do GNV e do biometano na matriz energética automotiva. Possui artigos publicados abordando o tema Mobilidade Sustentável, utilizando gás natural como combustível.

 

PESQUISADOR INDIVIDUAL

Carlos Jose Ruffato Favoreto. Doutorando no programa de Pós-Graduação em Ciência, Tecnologia e Inovação em Agropecuária – PPGCTIA/UFRRJ, graduado em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Atualmente é diretor – ECP – Environ Consultoria e Projetos Limitada, professor – ECP – Environ Consultoria e Projetos Limitada e professor – ECP – Environ Consultoria e Projetos Limitada.

Ricardo de Freitas Vallejo. Pesquisador e consultor de mercado é sócio-diretor da Consulgás. Atualmente, seu principal projeto de pesquisa é o estudo dos Corredores Azuis, que mapeará o fluxo de veículos pesados nas principais rodovias que cortam os estados do Sudeste, Paraná e Santa Catarina. Também é objeto de interesse de seus estudos a identificação de novas regiões a serem expandidas com a infraestrutura dos postos de GNV e como isso contribuirá para o atendimento desse novo mercado.

Vitorio Donato. Graduado em Engenharia de Materiais pela UFPB, especializado em Logística Integrada pela UES do Rio de Janeiro e em Consultoria Empresarial pelo SENAI/SC. Possui mestrado em Gestão Integrada das Organizações pela Universidade do Estado da Bahia e Gestão e Tecnologia Industrial pelo SENAI/CIMATEC. Atualmente é consultor III do SENAI/ CIMATEC. Autor dos livros Logística Verde: uma abordagem Socioambiental e Introdução à Logística: O Perfil do Profissional. Logística para a Indústria do Petróleo, Gás e Biocombustíveis, entre outros.

 

STARTUP PARA A LOGÍSTICA SUSTENTÁVEL

EZVolt. É líder no mercado nacional de recarga de veículos elétricos. Foi a primeira empresa brasileira a operar em um modelo de negócio conhecido como “charge as a service” e está presente em nove estados. A startup possui um centro de operações próprio desenvolvido com tecnologia de ponta operando em regime 24×7 e modelo de negócio flexível para os mercados B2B e B2C. Recentemente, a empresa recebeu um aporte da Vibra Energia, marcando a entrada no ecossistema de eletromobilidade.

LogReversa. É uma startup que atende indústrias e varejistas com soluções em logística reversa para coleta e destinação dos resíduos sólidos (embalagens e bens usados) do pós-consumo. A empresa desenha cadeias logísticas reversas com elevada capilaridade para os serviços de coletas agendadas, manuseios, estocagem temporária e transporte até o destino final. Os processos são gerenciados e rastreados de ponta-a-ponta com o emprego de plataforma tecnológica e seus aplicativos.

Saveway. É uma empresa de tecnologia que atua no desenvolvimento de soluções inteligentes para a gestão de ativos móveis, especializada em pneus. Seus sistemas e equipamentos de alta tecnologia permitem que seus clientes otimizem seus custos operacionais, pela melhoria no consumo de combustível e aumento da vida útil dos pneus, de modo que possam melhorar seus indicadores de ESG, como emissão de CO2, condições de reúso, destinação final de carcaças e exposição ao risco de acidentes.

UseCar Carsharing. A tecnologia e soluções da UseCar Carsharing são fundamentadas no pilar da economia compartilhada, um dos vetores contemporâneos da sustentabilidade. Segundo estudos recentes da Universidade da Califórnia, para cada veículo compartilhado retira-se em média de 9 a 13 veículos das ruas, o que contribui diretamente para a redução de emissão de poluentes. Suas operações, iniciadas em 2019, têm sido expandidas para condomínios e empresas. Sua área de atuação compreende MG, SP, RJ e PR, com 23.000 usuários ativos dos quais 12.000 utilizam os serviços pelo menos uma vez por semana.

Voltz Motors. Empresa brasileira de veículos elétricos de duas e três rodas, criada em 2017, é responsável pelo desenvolvimento de um ecossistema integrado com a finalidade de apoiar usuários. O ECO-V é um ecossistema de motos inteligentes, conectadas a servidores em tempo integral, capaz de monitorar tudo o que acontece com a motocicleta. Recentemente, a Voltz apresentou o Miles, um triciclo elétrico, com uso focado em empresas e indústrias, idealizado para atender a última etapa de um processo de entrega de mercadorias, o last mile.

Realização

Patrocínio

“O Instituto Besc de Humanidades e Economia promove conhecimento a partir de uma perspectiva de defesa dos valores condizentes à responsabilidade ambiental. A entidade preza e estimula a utilização de materiais de base renovável.”